Select Menu
Anúncio 680 x 110 px
Select Menu

Slider

Tecnologia do Blogger.

Travel

Cute

My Place

Slider

Racing

Videos


Competição reúne os melhores dançarinos dos Estados Unidos. Equipe vencedora irá se apresentar, ao vivo, no VMA 2015, que acontece dia 30 de agosto, em Los Angeles

Pela primeira vez na história, a maior celebração da música internacional receberá uma competição de dança de televisão

São Paulo, julho de 2015 – Seis grupos com os melhores dançarinos dos Estados Unidos batalham pela oportunidade de se apresentar, ao vivo, no VMA 2015. Este é o America’s Best Dance Crew que estreia dia 2 de agosto, às 19h, na MTV.
Pela primeira vez na história, a maior celebração da música internacional receberá uma competição de dança, diretamente da televisão. Num acontecimento sem precedentes, a parceria entre MTV Video Music Awards e America’s Best Dance Crew trará performances épicas de superstars da música mundial.
A mais quente competição de dança hip-hop está de volta com novidades: nova etapa, novos desafios e, o melhor de tudo, seis equipes de superstars, incluindo cinco campeões da competição. Nunca se viu tanto talento junto! E talvez esta seja a única oportunidade – é a história sendo feita!

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Estas equipes estão prontas para deixar sua marca e irão competir por 100 mil dólares, além do título de America’s Best Dance Crew All-Star Champions.


Confira as sinopses dos episódios:

1º episódio | Apresentação dos Superstars:

As seis equipes de superstars farão suas apresentações com releituras de hits já indicados e vencedores do VMA. A estrela de R&B Ne-Yo irá participar da estreia com uma performance épica que contará com a participação de nossas equipes.

2º episódio | Ícones do VMA:

O VMA já apresentou alguns dos superstars mais icônicos no mundo da música. Cada equipe poderá escolher uma música de cada um dos ícones indicados e farão sua performance em homenagem a eles.

3º | A moda no VMA:

Inspirado pelas tendências de moda, por vezes bem chocantes, lançadas no VMA, as equipes irão incorporar figurinos nas suas coreografias. Este desafio não é sobre ter looks escandalosos, mas se utilizar dessas roupas de forma única para criar movimentos e passos alucinantes!

4º | Equipe no Comando:

Neste episódio, as equipes terão que inventar personagens e criar suas performances no VMA em busca de uma vaga na semifinal da competição.

5º | A semifinal:        

Primeira Parte: Desafio para Indicação ao VMA
As equipes vencedoras serão as indicadas ao VMA 2015.
Segunda Parte: A Batalha Final
As equipes finalistas deverão disputar os votos populares e a chance de conquistar o título de campeão dos campeões da America’s Best Dance Crew!

6º | Grande final no Pré-show do VMA – coroação da equipe vencedora

A equipe vencedora irá se apresentar, ao vivo, no VMA com a participação de convidados especiais.


Serviço:

AMERICA’S BEST DANCE CREW – 1ª TEMPORADA
ESTREIA: domingo, 2 de agosto, às 19h.
Exibição regular: domingos, às 19h

###

A MTV no Brasil tem como público-alvo os jovens Millennials, principalmente na faixa entre 15 e 30 anos. O canal traz uma programação variada e multiconectada, assim como o perfil de seus espectadores. Fazem parte de sua grade produções locais - como “Adotada” -, reality shows, séries, programas de esporte e animações, entre outros. A MTV também apresenta sucessos do portfólio da Viacom Internacional, como “Vampire Diaries” e “The Originals”, além do melhor do conteúdo global do canal, dublado em português e com opções legendadas. Proporcionar experiências relevantes aos jovens, trazendo para o Brasil grandes eventos que a marca faz em outros países, é um dos objetivos da MTV.

###

A Viacom International Media Networks The Americas, uma unidade da Viacom Inc. (NASDAQ: VIAB,VIA), é proprietária e opera as marcas de entretenimento do portfólio da companhia, as quais incluem a  MTV, Nickelodeon, Comedy Central, Vh1 e suas respectivas propriedades na América Latina (incluindo o Brasil). O portfólio também inclui o canal Tr3s: MTV, Música y Más nos Estados Unidos, que tem como público-alvo uma ampla audiência hispânica dos Estados Unidos, e as parcerias de programação da VIMN no Canadá com a Corus Entertainment para a Nickelodeon, CTV Globe Media para MTV, Comedy Central e Vh1. Os negócios emergentes multiplataforma da companhia incluem MTVNHD e Red Viacom na América Latina, além de VH1HD no Brasil. A VIMN na América Latina, parte hispânica dos Estados Unidos e Canadá também atendem a um crescente número de Millennials conectados digitalmente por meio de seus websites mtvla.com, mtv.com.br, mundonick.com,comedycentral.la, comedycentral.com.br, vh1la.com, vh1brasil.com.br, tr3s.commtv.ca e nickcanada.com, mtvrevolution.com, mundonick.com/nickturbo, mtvmusica.com, neopets.com e mtvdemo.com.

Natasha Szaniecki Novak – natasha.novak@viacombrasil.com
Felipe Moraes – felipe.moraes@viacombrasil.com
Heloisa Malzoni - heloisa.malzoni@viacombrasil.com



-
Nossos Sapatos de Luiz Bongiovanni - Foto de Clarissa Lambert

Dia 7 de agosto, sexta, às 20h, o palco do Sesc Bom Retiro recebe o espetáculo de dança  “Nossos Sapatos”, com o núcleo Mercearia de Idéias, dirigido por Luiz Fernando Bongiovanni. Trata-se de um trabalho de artes cênicas que tem a saudade como temática de pesquisa. Durante a apresentação, o público será convidado a refletir sobre Como é a nossa relação com a ausência de uma pessoa querida? Como se relacionar com esse vazio? O que fica na memória?

Um livro norteou grande parte da pesquisa para compor o trabalho é “Sobre a Morte e o Morrer”, de Elisabeth Kubler-Ross. Neste livro a autora desenvolve o que mais tarde ficou conhecido como as fases da morte: negação, ira, barganha, depressão e aceitação. Este trabalho, que de certa forma inaugura a medicina paliativa, também serve de base para as relações do luto que inevitavelmente farão parte de nossas vidas.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

O Núcleo Mercearia de Idéias surgiu como grupo de pesquisa dedicado ao refinamento da construção cênica através do encontro da performance técnica,  com o conteúdo sensível que reflete o processo de criação em dança, a comunicação direta com o espectador e as possibilidades existentes nesta relação, abordando temas poéticos que dialoguem claramente com a sociedade contemporânea. No início de janeiro de 2009, o grupo iniciou seu processo de pesquisa na sede do Balé da Cidade de São Paulo, sob o comando do coreógrafo e diretor artístico Luiz Fernando Bongiovanni.

Dentro dos encontros propostos o Mercearia criou metodologia de trabalho própria, ligada à pesquisa que foi desenvolvida por Bongiovanni ao longo de sua carreira, reunindo suas experiências pessoais e vivências artísticas. Seu trabalho propõe que na dança, parte da valorização do movimento é descoberto nas possibilidades de cada intérprete, dentro das propostas de criação específicas e das ferramentas de improvisação.

Os ingressos estão à venda nas bilheterias da rede Sesc. O endereço do Sesc Bom Retiro é Al. Nothmann,185. Mais informações pelo telefone 3332-3600 ou pelo portal www.sescsp.org.br/bomretiro

Ficha Técnica

Direção: Luiz Fernando Bongiovanni
Direção Cênica: Edson Bueno
Elenco: Carolina Franco, Flávio Coelho, Gabrielli Menezes, Leticia Alfenas, Natali Camolez, Luana Nery, Nayara Saez, Robson Ledezma eValdir Zeller.
Iluminação: Lígia Chaim
Trilha Sonora: Ed Cortes
Video: Osmar Zampieri
Operação de som e video: Robson Ledezma
Figurino: Madalena Machado
Cenografia: Soraya Kolle e Dilson Tavares
Execução de Cenário:TK Ceno
Fotografia: Silvia Machado
Produção: Núcleo Corpo Rastreado

Sesc Bom  Retiro Recebe o Espetáculo de Dança ‘Nossos Sapatos’
Dia 07/08. Sexta, às 20h.
14 anos. De R$5,00 a R$17,00.
Local: Teatro.
Al. Nothmann,185 – Campos Elíseos.
Estacionamento próprio: R$4,00 e R$8,00.

Acessibilidade: Entrada com acesso para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
Tel: 3332 3600




Palco da dança no Rio de Janeiro, Teatro Cacilda Becker recebe projeto que promove espetáculos a preços populares ao longo de onze semanas

A partir do próximo dia 05 de agosto, o Teatro Cacilda Becker recebe o ‘Ocupa Cacilda!’, projeto artístico de dança que reúne atividades e espetáculos diversificados. De quarta a domingo, ao longo de onze semanas (até 18 de outubro), a ocupação coletiva, idealizada por Julia Baker, Rafael Fernandes e Renata Pimenta, traz aos palcos do teatro não apenas espetáculos, mas discussões, conversas e convocatórias em torno da dança social. “Chamamos de dança social movimentos que não surgem em um meio acadêmico nem buscam a primazia do movimento em sua criação. São danças desenvolvidas dentro da cultura das festas, ligadas a grupos sociais onde o espaço era usado para desenvolver movimentos e passos de dança. Entendemos como danças sociais, por exemplo, o break, frevo, funk, tango, dancehall e passinho, dentre milhares de outras que são desenvolvidas diariamente em todos os cantos, pelos mais diversos indivíduos.”, explica Julia

As quartas são dedicadas ao ‘Palco Aberto’, projeto que seleciona, por meio de convocatórias mensais, pessoas que desejem apresentar pequenas performances, filmes ou estudos. Os trabalhos devem ser enviados para o email ocupacacilda@acpanorama.org (com informações técnicas, sinopse, links para vídeo, foto e contato telefônico). Os selecionados, após passarem pela curadoria do projeto, se apresentarão no palco do teatro no mês seguinte, sempre às quartas.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


Quinta é dia de cinema! A cada mês o ‘Cardápio Cacilda’ sela parceria com uma videoteca e exibe documentários, filmes e outros conteúdos audiovisuais de dança.

Sextas e sábados são dias de espetáculo. A programação é plural, reunindo estreias, espetáculos das décadas de 1990 e 2000, além de atrações internacionais. Os espetáculos compõem uma grande variedade e apresentam ritmos diversos como Passinho, Hip Hop, Charme e Tango. Alguns espetáculos também serão reprisados aos domingos.

A ‘Domingueira’, evento que acontece em quatro domingos ao longo da ocupação, traz aulões de dança ministradas pelo elenco do espetáculo apresentado naquele final de semana.

Como fomentador da dança, o projeto ainda oferece o ‘Se Me Dessem Um Teatro’, que oferece oportunidade para dois novos performers usarem o espaço em nove semanas de residência, com a apresentação do resultado artístico na 10ª semana. Para finalizar a programação, uma vez por mês, às quintas-feiras, o ‘Ocupa Cacilda!’ promove o ‘Conversas’, mesas de discussões sobre políticas públicas voltadas para dança. “Sentimos a necessidade de abrir um espaço de diálogo para a dança, onde seu presente e futuro possam ser discutidos pela classe e soluções sejam pensadas. Desejamos que o pensamento crítico seja fortalecido e desenvolvido”, define Rafael.

Programação:

Espetáculos:
De Sexta a Domingo
Horário: Sexta/sábado > 20h | Domingo > 19h
Entrada: R$ 10,00 (inteira), R$ 5,00 (meia)

NOVÍSSIMOS | QUE SE FUNK | JP Move – Jovens de Periferia Companhia de Dança
Rio de Janeiro/RJ | 2014
Duração: 50 min.
Classificação: Livre
Datas: 07 e 08/08 às 20h | 09/08 às 19h

SOB RODAS | Renato Cruz
Rio de Janeiro/RJ | 2014
Duração: 40 min.
Classificação: 12 anos
Datas: 14 e 15/08 às 20h | 16/08 às 19h

NOVÍSSIMOS > SAMPLERS | Ugo Alexandre (*Estreia Nacional)
Rio de Janeiro/RJ | 2015
Classificação: 14 anos
Duração: 40 min.
Datas: 21 e 22/08 às 20h | 23/08 às 19h

Suite Funk | Companhia Urbana de Dança
Rio de Janeiro/RJ | 2008
Duração: 30 min.
Classificação: Livre
Datas: 28 e 29/08 às 20h

GUETO (qual o ônibus que pego depois da rodoviária) | Sonia Destri Lie
Rio de Janeiro/RJ | 2014
Duração: 40 min.
Classificação: Livre
Datas: 04 e 05/09 às 20h

DELÍRIO | Grupo Angelo Madureira e Ana Catarina Vieira
São Paulo/SP | 1999
Duração: 47 min.
Classificação: Livre
Datas: 11 e 12/09 às 20h

BÔ|Cia REC
Rio de Janeiro/RJ | 2015
Duração: 50 min
Classificação: 10 anos
Datas: 18 e 19/09 às 20h | 20/08 às 19h

MORDEDORES | Marcela Levi & Lucía Russo | Improvável Produções
Rio de Janeiro/RJ e Buenos Aires/Argentina | 2015
Duração: 50 min.
Classificação: 14 anos
Datas: 25 e 26/09 às 20h | 27/09 às 19h

SUAVE | Alice Ripoll
Rio de Janeiro/RJ | 2014
Duração: 50 min
Classificação: 12 anos
Datas: 02 e 03/10 às 20h | 04/10 às 19h

NIJE | Federica Folco
Montevidéu/Uruguai
Duração: 45 min.
Classificação: 12 anos
Datas: 16 e 17/10 às 20h

Atividades:

Se me dessem um teatro
De quarta a domingo
Ensaios abertos: 30/08 e 13/09 | 17h e 19h | Gratuito
Apresentações finais: 09, 10 e 11/10, horário a confirmar. | R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Elenco fixo:

MICKAEL VELOSO - Mickael Veloso, coreógrafo e bailarino, formado em licenciatura em dança pelo Centro Universitário da Cidade. Foi intérprete criador na Laso Companhia de dança e na UTD. Desenvolveu alguns trabalhos coreográficos, como, "Eu preciso dizer que te amo", "Ela." e "Pra te lembrar". Atualmente, desenvolve pesquisas em dança e performance com o Grupo Imã, criado e dirigido pelo mesmo desde o início de 2014.

DIEGO CARVALHO - Diégo Carvalho faz parte do CaZul, grupo de arte voltado à dança vogue. Em suas concepções coreográficas, utiliza de diversas outras danças, linguagens e estudos para montar e mostrar seus trabalhos e pesquisas. Atualmente está desenvolvendo um trabalho sobre sua própria base (o vogue), utilizando-se de diversas outras áreas , colocando de maneira expressiva , bem definida para o público em forma de um lindo espetáculo de dança

Cacilda Palco Aberto

Todas as quartas entre 05 de agosto a 14 de outubro
Os trabalhos devem ser enviados para: ocupacacilda@acpanorama.org com informações técnicas, sinopse, links para vídeo e foto e contato telefônico.

Datas:

05, 12, 19 e 26 de agosto | 02, 09, 16, 23 e 30 de setembro | 07 e 14 de outubro
Horário: a partir das 18h
Ingresso: R$ 2,00 (inteira) | R$ 1,00 (meia)

Cardápio Cacilda
Todas as quintas entre 06 de agosto e 15 de outubro
Datas: 06, 13 e 20 de agosto | 03, 10 e 24 de setembro | 01 e 08  de outubro
Horário: 18h30
Ingresso: R$ 2,00 (inteira) | R$ 1,00 (meia)

Conversas sobre Políticas Públicas
(programação a confirmar)
Uma quinta por mês
Datas: 27 de agosto | 17 de setembro | 15 de outubro
Horário: 18h30
Entrada gratuita

Espetáculos

De sexta a sábado (domingo)
Horário: Sexta, sábados às 20h e domingo às 19h
Ingresso: R$ 10,00 (inteira) | R$ 5,00 (meia)

Domingueira no Cacilda

Todos os domingos entre 09 de agosto de 18 de outubro

Domingueira Hip Hop

Elenco: SOB RODAS
Data: 16 de agosto
Horário: a partir das 14h30

Domingueira Charme

Elenco: GUETO
Data: 06 de setembro
Horário: a partir das 16h

Domingueira Passinho

Elenco: SUAVE
Data: 04 de outubro
Horário: a partir das 14h30

Domingueira Tango

Elenco: Federico Folco
Data: 18 de outubro
Horário: a partir das 16h
Entrada gratuita

Serviço:

Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 - Largo do Machado, Rio de Janeiro
Telefone: (21) 2265-9933
Ocupa Cacilda! no Facebook: https://www.facebook.com/ocupacacilda




A Pulsar Cia de Dança comemora 15 anos com apresentações de “Por trás da cor dos olhos”, de 29 a 31 de julho, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico. O espetáculo, criado em 2012, é uma releitura de “Haploss”, primeiro espetáculo da companhia, dirigida por Maria Teresa Taquechel, que reúne bailarinos com e sem deficiências. Em setembro, a Pulsar realiza a terceira edição do festival Corpos Ímpares, dirigido a estudantes, bailarinos, educadores e demais pessoas interessadas em debater, aprender e vivenciar o universo da arte e da diferença.

“Por trás da cor dos olhos” conta com um elenco de nove intérpretes com resoluções próprias de movimento, no solo, e outros suportes, que se deslocam através de seus apoios, pressões e suspensões. Entre os bailarinos, há um cadeirante e uma deficiente visual.

No espetáculo, os bailarinos com deficiência não utilizam as tradicionais cadeiras de roda como meio de locomoção. Ele foi construído através de uma pesquisa de deslocamento dos bailarinos no nível baixo e médio, onde os próprios corpos são meios de locomoção entre si. São utilizados materiais cênicos diferenciados, como tecidos e pranchas rolantes. Peso e suspensão também são temas da pesquisa.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


Segundo a diretora da Pulsar, “Haploss” se desenvolvia todo no chão, em contraponto a uma pesquisa de aéreos, que na época, devido à falta de estrutura, impossibilitou a participação de bailarinos cadeirantes.

- O segundo momento é o Festival "Corpos Ímpares III", que acontecerá no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, dias 24 a 28 de setembro, com várias palestras, espetáculos,  workshops - O segundo momento é o Festival "Corpos Ímpares III", que acontecerá no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, dias 24 a 28 de setembro, com várias palestras, espetáculos, workshops

 “Inusitados caminhos dentro da estrutura corporal são acionados, gerando movimentos, desenhos, relações e estados perceptivos no meio em que estão inseridos. Assim revela-se a imanência do movente na composição entre movimento, música, luz, figurino e cenografia”, descreve Maria Teresa.

“Por trás da cor dos olhos” conta com trilha sonora inédita, composta pelo músico Bernardo Gebara, desenho de luz de Renato Machado e o figurino é assinado pelo ateliê Muggia. "Esperamos criar um plano de imanência,  vivenciar sensações e percepções geradas a partir desta construção cênica", diz a diretora da Pulsar.

Em cena estão Andrea Chiesorin, Camila Fersi,  Bruno Alsiv, Laura Canabrava, Marina Magalhães, Marianne Panazio, Moira Braga, Raphael Arah, Rogério Andreolli.  Para a criação do espetáculo, apresentado pela primeira vez em 2012, a rotina de ensaios da companhia incluiu aulas de consciência corporal, técnicas de dança, além de aulas de filosofia e arte com o objetivo de estruturar conceitualmente o trabalho  a partir dos pensadores da filosofia da diferença, como Bergson e Deleuze, entre outros.

Sobre o nome do trabalho, “Por trás da cor dos olhos”, a diretora da Pulsar acredita que o seu significado sugere uma possibilidade de um olhar diferenciado para um mundo, onde o movente é e gera sensações, percepções e afetos. Cada um vai se identificar à sua maneira com estas palavras.”

A terceira edição do festival Corpos Ímpares acontecerá de 24 a 28 de setembro no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro e vai contar com espetáculos, palestras e workshops.  Em breve será divulgada a programação completa.


A companhia – Criada há 15 anos, a Pulsar Cia de Dança dedica-se à construção de obras coreográficas em dança contemporânea, refletindo em sua pesquisa a multiplicidade do indivíduo e a produção artística entre corpos ímpares com resoluções próprias de movimento. A Pulsar apresentou-se em diversas cidades brasileiras e, em 2004, recebeu o Prêmio Ordem ao Mérito Cultural. No mesmo ano representou  a América Latina na Cerimônia de Abertura, no Internacional VSA Arts Festival, em Washington - DC - no Kennedy Center.

Em 2006 e 2008, a Pulsar foi contemplada com o Prêmio Funarte Klaus Vianna. Em 2007, foi patrocinada pela Caixa Cultural, ficando em temporada no Teatro da Caixa. E, em 2009, realizou o evento Corpos Impares, com patrocínio da Caixa, e foi contemplada também com o edital da secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro para manutenção da Cia. Em 2012, com o edital FADA 2011, realizou a segunda edição do festival Corpos Impares. É companhia residente do Centro Coreográfico do Rio de Janeiro desde 2004.

Serviço - “Por trás da cor dos olhos” 

Espaço Tom Jobim - de 29 a 31 de julho
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico - Tel.: 2274-7012
Horário: quarta, às 20h30; quinta, às 15h e 20h30; e sexta às 20h30
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia entrada)
Duração: 50 minutos
Censura: livre
Lotação: 300 lugares
Funcionamento da bilheteria: de terça a domingo, das 14h até o início dos espetáculo.
Vendas também pelo ingresso.com

Outras informações:

SPS Comunicação – 21 2111-2650
Renan Suchmacher – 21 2111-26-75  /  9 9999-9934
Valéria Veríssimo – 21 2111-2662  / 9 9115-6694





Espetáculo será neste domingo, 02/08, no Clube Hebraica

No próximo domingo, 2 de agosto, o projeto Hebraica Meio-Dia apresenta a surpreendente performance de dança solo da bailarina Angélica Rovida, acompanhada dos músicos brasileiros Gabriel Levy (acordeom) e Roberto Angerosa (percussão), do árabe Jihad Smaili (piano e percussão), com participação especial de Andrea Prior (leituras cênicas).

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

O espetáculo mostra as semelhanças entre as danças, músicas e literaturas do Oriente Médio e do Nordeste brasileiro, utilizando a arte da improvisação presentes nestas culturas.

SERVIÇO – Projeto Meio-Dia

Data: 2 de agosto
Horário: 12h

Local: Clube Hebraica – Teatro Arthur Rubinstein (Rua Hungria, 1.000)

Entrada gratuita – Retirar ingressos uma hora antes do show




Atividade integra a programação do “Sábado Flamenco”, do Café Tablao, no dia 01 de agosto em Campinas

O Espaço Cultural Café Tablao, localizado em Campinas/SP, abre o segundo semestre do ano com várias atividades especiais e novas oportunidades para quem quer conhecer de perto o universo flamenco.

No dia 1º acontece mais uma edição do “Sábado Flamenco”, que envolve programações diversificadas ao longo do ano. Desta vez, a convidada especial é a bailaora Ale Caires, que está de volta ao Brasil após uma longa temporada no Japão, Turquia e Espanha, atuando como professora flamenca.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

No “Sábado Flamenco”, Ale Caires ministra curso com técnicas de correção corporal, pés e giros. Podem se inscrever pessoas de todas as idades, alunos ou não do Café Tablao. Finalizando a programação, a partir das 17h30, será exibido o documentário “Triana Pura y Pura”, durante o Cine Tablao. O ingresso pode ser adquirido na secretaria do Café Tablao, por R$5,00, e é aberto a qualquer interessado.

Conheça a história:

Durante a década de 50, os ciganos que viviam desde o século XV no bairro de Triana, em Sevilha, foram expulsos da região, devido a razões econômicas, e ficaram dispersos por Andaluzia. Em 23 de fevereiro de 1983, mais de 20 anos depois de sua expulsão, várias famílias se reuniram em um teatro para reviver o flamenco puro de Triana. O encontro foi uma verdadeira festa flamenca, mas a gravação permaneceu inédita por 30 anos, dando origem ao documentário “Triana pura y pura”, lançado em 2013.

A bailaora Ale Caires será a mediadora do Cine Tablao, apresentando ao público a história, e contando detalhes de sua experiência, já que morou no bairro durante o tempo em que viveu em Sevilha. “Na Espanha tive a oportunidade única de conviver e compartilhar momentos na casa da família flamenca mais tradicional do mundo, Los Farrucos, e receber aulas particulares e regulares da matriarca, Maestra Farruca Montoya”, relembra Ale Caires que, de volta a Campinas, passa a dar aulas pelo Café Tablao, onde começou sua carreira profissional, aos 17 anos.

Formada por grandes bailaores e maestros do flamenco espanhol, Ale Caires ministrou aulas e cursos por todo Brasil, até ser convidada a dar aulas fora do país. Em Fukuoka, no Japão, passou uma temporada de seis meses com inúmeras apresentações no Tablao Sancho Panza e ministrando workshops, cursos e aulas regulares no centro cultural Tiempoiberoamericano. Também integrou a Cia. Domingo Ortega, bailando como solista nos espetáculos "Domingo Ortega Show" realizado no teatro JR kyushu Hall e "Tablao Domingo Ortega".  Na Turquia, em uma temporada de 10 meses em Ancara, foi diretora artística da Peña Flamenko Ankara.

Aulas abertas

Abrindo as aulas do segundo semestre, o Espaço Cultural Café Tablao também promove uma série de aulas abertas gratuitas, voltadas especialmente para pessoas que queiram conhecer o ambiente flamenco. “Apesar de muito rico e desafiador, o flamenco é acessível a pessoas de qualquer idade, homens ou mulheres, de qualquer tipo físico, e não há necessidade de ter nenhuma experiência prévia com a dança. Vale a pena experimentar”, aconselha Karina Maganha, diretora artística do Café Tablao.

Há aulas para iniciantes as quartas e quintas à noite, e aos sábados, às 10h. A participação é gratuita, mas é necessário inscrever-se previamente pelo telefone (19) (19) 3294-1650 ou pelo e-mail contato@cafetablao.com.br.

Sabor Flamenco no Esquinica também é atração para agosto

Ainda em agosto, o Café Tablao participa da quarta edição do “Sabor Flamenco”, evento do restaurante Esquinica que alia a gastronomia espanhola com o ambiente típico flamenco, com música e dança. A noite espanhola especial terá as bailaoras Ale Caires e Marina Merheb, acompanhadas de som flamenco ao vivo, no dia 20 de agosto, às 20h. Os convites são limitados e já estão à venda, pelo telefone do Esquinica, (19) 3755-8027.

Serviço:Sábado Flamenco com Ale Caires

Data: 01/08/2015
Aula Técnica: Correção Corporal, Pés e Giros
Das 14h às 15h30 - Nível I
Das 15h30 às 17h30 – Nível II
Valor: R$30,00 (Alunos) R$40,00 (Não Alunos)
Inscrições (19) 3294-1650 – contato@cafetablao.com.br

Cine Tablao - “Triana Pura y Pura”

A partir das 17h30
Valor: R$5,00
Local: Café Tablao Campinas
Endereço: Avenida Jesuíno Marcondes Machado, 1063, Campinas/SP

Aulas Gratuitas no Café Tablao:

Estudos Flamencos – Cante, coros, teoria, ritmo e palmas
Com: Helena de los Andes
Data: 31 de julho (6ªf) às 19h

Flamenco Básico - aulas experimentais gratuitas

Sábados: dias 01/08 e 08/08, às 10h
Quarta: dia 05/08, às 20h
Quinta: dia 06/08, às 20h

Sabor Flamenco – Uma noite especial em clima de dança flamenca

Data: 20/08/15  (5ªf), às 20h
Local: Esquinica - Av. José de Sousa Campos, nº425, Campinas/SP
Preço: R$ 80,00 por pessoa

Convites: (19) 3755-8027



-
(Crédito: Les Pas Parfaits)

Na bem humorada campanha, desta vez, o alvo é o comportamento nos bailes de dança de salão

Depois de lançar uma campanha em prol das danças de salão que mobilizou profissionais de destaque nacional, como Carlinhos de Jesus e Jaime Arôxa, entre outros, e ganhou grande divulgação na mídia em abril deste ano, mês em que se comemora o Dia Internacional da Dança (29/04), agora o grupo Pró-Danças de Salão Curitiba está trabalhando uma nova campanha em sua fanpage.

Se na primeira o objetivo era levantar problemas e benefícios da dança de salão para praticantes e profissionais, desta vez o foco é o comportamento nos bailes de dança de salão. Com imagens cedidas pelo site canadense Les Pas Parfaits, e dicas elaboradas pelo professor Luiz Dalazen, integrante do grupo, a ideia é apresentar, de forma bem humorada, algumas regras de conduta que permitem que todos desfrutem melhor dos bailes, respeitando seu parceiro(a) de dança e os demais pares na pista. “A proposta é, de maneira lúdica e didática, levar a reflexão sobre nossa postura na convivência da prática social dentro do ritual que é um baile de salão. As imagens foram criadas especificamente para as milongas de tango, contudo podem ser aplicadas tranquilamente para todas as danças de salão”, explica Luiz.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

A ideia da campanha tem todo o apoio dos demais membros do Pró-Danças de Salão Curitiba, como ressalta a professora de dança e DJ Sandra Ruthes, também integrante do grupo, que vem promovendo eventos de danças a dois de sucesso na capital paranaense. “Quando a vibe do salão é boa o baile é muito melhor e, para isso, é preciso não apenas a harmonia entre os pares, mas entre todas as pessoas no local. Daí o valor da campanha, que está abordando tanto questões que melhoram a relação com o seu par na dança, quanto a relação entre os pares e demais pessoas no salão de baile”, comenta Sandra. Ela também destaca que, com o uso das redes sociais a campanha tem um alcance ilimitado: “Estamos falando não apenas com o público que já é adepto das danças de salão, mas também com os que estão começando a frequentar os bailes e ainda desconhecem certas posturas do meio”.

A campanha, que ao final contará com um total de 15 imagens, traz novas dicas em dias esporádicos, sempre às 15h15, na fanpage do grupo no Facebook www.facebook.com/prodscuritiba. “É o nosso horário marcado pra falar desta prática social que tanto apreciamos”, finaliza Luiz.

Sobre o Pró-Danças de Salão Curitiba

Grupo que objetiva difundir na cidade a importância da qualificação profissional para atuação no mercado das danças de salão, através do investimento na divulgação e fomento do tema na mídia e redes sociais. Foi criado em 2015, por cinco profissionais de dança de salão com relevante atuação na capital paranaense: Gracinha Araújo, bailarina, coreógrafa, professora e coordenadora do curso de pós-graduação em Teoria e Movimento da Dança com Ênfase em Danças de Salão, da Universidade Tuiuti do Paraná; Luiz Dalazen, professor, coreógrafo, dançarino e produtor cultural atuante no meio das danças de salão; Sandra Ruthes, professora, coreógrafa, dançarina e DJ, autora do livro “Música para Dança de Salão”; Sheila Santos, professora, coreógrafa e dançarina, que desenvolve reconhecido trabalho com foco no papel atual da mulher na dança; e Sonia Formighieri, professora pioneira no ensino da dança de salão no Paraná.



-

Teste