Jazz - Sua História

O jazz é uma expressão corporal criada e sustentada pelo improviso. Na sua raiz, é essencialmente popular. Sua evolução natural veio paralela aos ritmos musicais que surgiram nos Estados Unidos, no final do século XIX, o que se pode afirmar,diretamente da cultura negra.
   
Segunda a história, os negros - que não estavam cansados ou doentes - nos navios negreiros vindos da áfrica, eram obrigados a dançar para manter a saúde. As danças dos senhores brancos eram polcas, as valsas e as quadrilhas. Os negros os imitavam ridicularizando-os, mas dançavam de acordo com as informações que tinham da cultura européia e misturavam com as danças que conheciam, utilizando os instrumentos de sua cultura. Dessa  forma veio o jazz. Uma imitação dos ritmos europeus com os costumes e ritmos negros.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Com  a proibição dos tambores no sul dos Estados Unidos em 1740, para evitar revoltas, eles foram obrigados a executar sua danças com outras formas de som, culminando com as formas de jazz que conhecemos atualmente.

No início do século XX, as danças afro-americanas começavam a penetrar nos salões, e a sofrer novas influências do can-can e do charleston, principalmente. Logo tomou conta dos palcos da Broadway, se transformando em grandes produções de comédias musicais, que é o segundo nome dado à dança mais conhecida como jazz.

Essa forma de expressão artística é hoje conhecida sob vários aspectos: Jazz Dance, Soul Jazz, Free Style e Jazz. No Brasil, determinadas formas de ginásticas e outras atividades físicas são muitas vezes confundidas e englobadas no mesmo termo. As diferentes técnicas do Jazz demonstram que muitos dos seus princípios foram herdados do ballet clássico e da dança moderna.

Os métodos de fundamentação técnica para formação do bailarino são cada vez mais ecléticos e mais divulgado e desenvolvido pelos professores e coreógrafos. Com as novas tecnologias e as transformações porque passa a sociedade contemporânea, o jazz pode sofrer novas influências e continuará a ser por muitas décadas, uma das formas mais importantes de expressão artísticas.


Compartilhe Google Plus

Sobre Roger Dance

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.