Dança Folclórica Gaúcha - 2ª Parte


Chote de Carreirinha

Fonte: Ecos do Fandango
Dança folclórica gaúcha originária do schottinh trazido pelos imigrantes alemães. Na primeira parte da dança, os pares desenvolvem uma pequena corrida compassada, o que deu razão ao nome da dança: carreirinha.

"Coreograficamente o Chote guardou de modo geral os passos da dança de origem, mas se enriqueceu de uma série de variantes- peculiares a determinados municípios rio- grandenses onde todos executam os mesmos movimentos ao mesmo tempo."

Chote Sete Voltas

Fonte: Xote - Info Escola
O chote de sete voltas exige que o casal dê sete voltas pelo salão, bailando primeiro em uma direção, depois em outra contrária.

Chote Quatro Passi

Fonte: Listal
É uma variante de Chote gaúcho, com letra em italiano. Constitui-se na primeira dança do folclore gaúcho recolhida na região colonial italiana. A coreografia, letra e música, foram recolhidas por Antônio Augusto Fagundes, em janeiro de 1966. É uma dança de conjunto, de pares independentes, em formação oposta, frente-a-frente. Os pares, de uma forma geral, são maneirosos nos valseios, elegantes e graciosos. O canto deve ser descontraído.

Chote Inglês

Fonte: CTG Vinte de Setembro
Dança de salão difundido nas cidades brasileiras no final do século XIX, por influência da cultura inglesa. Começou pelos centros urbanos, executado ao piano e ganhou o interior já executado na gaita.

Veja também:
Dança Folclórica Gaúcha - 1ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 2ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 3ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 4ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 5ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 6ª Parte
Dança Folclórica Gaúcha - 7ª Parte

Dança Folclórica Brasileira

Compartilhe Google Plus

Sobre Roger Dance

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.