Kuchipud - Dança Clássica Indiana

O Kuchipudi surgiu na Vila de Kuchelapuram no estado de Andra Pradesh, no sul da Índia. Este estilo consolidou-se no séc. 17, com o advento do movimento Bhakti, sob o comando de Siddhendra Yogi. Inicialmente, era executado somente por homens em apresentações coletivas de caráter teatral. Apenas no séc. XX passou a ser praticado por mulheres e aproximou-se do universo das danças dramáticas indianas. O Kuchipudi é marcado pelo virtuosismo, pelas poses esculturais, pelos giros e pulos e pela agilidade de suas composições. O item de resistência do Kuchipudi é o Taragam, executado sobre um prato de cobre e com um pote de água na cabeça. Este item tem um significado espiritual para os praticantes: “Assim como o dançarino move-se no palco indiferente às dificuldades, do mesmo modo nós devemos nos mover em nossas vidas indiferentes aos problemas e preocupações".



Mais Sobre Kuchipudi...

O Kuchipudi é uma dança clássica indiana que combina momentos de pura dança, rítmica, luminosa, vivaz, cheia de beleza e graça, e momentos narrativos baseados na mitologia hindu, e onde o foco se centra no uso dos gestos, das expressões faciais e da linguagem corporal. No Kuchipudi, habitualmente acompanhado por música ao vivo, a dança, a música e o ritmo são desenvolvidos de forma indissociável e é esta forte relação e mescla entre os elementos que determina a enorme beleza deste estilo de dança clássica indiana. Combina a técnica perfeita com um estilo gracioso e repleto de enorme sensibilidade, imprimindo a esta dança o seu estilo inconfundível. Gamaka, termo que, na dança indiana, designa o movimento desenhado pelo corpo para chegar de um ponto ao outro, é dedicado à vibração a partir da qual emana toda a criação.

Série Dança Clássica Indiana:
Compartilhe Google Plus

Sobre Roger Dance

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.