Select Menu
Select Menu

Slider

Tecnologia do Blogger.

Travel

Cute

My Place

Slider

Racing

Videos

» » » Alongamento e Flexibilidade
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga



Caros Dançarinos(as) em minha pesquisas me deparei com uma matéria sobre alongamento e flexibilidade no Blog da Escola Bolshoi. Assunto este, muito importante para nós do Mundo da Dança. Aqui vamos aprofundar esse estudo e entender a dinâmica do corpo em busca da flexibilidade através do alongamento.
Para um bailarino, uma de suas qualidades físicas básicas, é executar movimentos com grande amplitude articular.
Sendo de extrema importância o domínio completo do corpo e suas limitações, para que possamos ampliar sua capacidade e colhermos bons frutos disso através da consciência corporal.

Alongamento

É uma forma de exercício físico em que um determinado músculo esquelético (ou grupo muscular) é deliberadamente alongado ao máximo comprimento (muitas vezes por rapto do tronco), a fim de melhorar o músculo sentir a elasticidade e reafirmar confortável tônus muscular. O resultado é uma sensação de maior controle muscular, flexibilidade e a amplitude de movimento.

Flexibilidade

Refere-se a absoluta amplitude de movimento em uma articulação ou conjunto de articulações, nos músculos e comprimento que atravessam as articulações. A flexibilidade é variável entre os indivíduos, particularmente em termos de diferenças no comprimento do músculo e músculos multi-articulares. A flexibilidade em algumas articulações podem ser aumentadas até um certo grau de exercício físico, com alongamento (um componente comum de exercício para manter ou melhorar a flexibilidade).

Movimento

O movimento normal das articulações é determinado pelos músculos, tecidos conjuntivos e pele, elementos estes que envolvem a articulação. Várias são as causas que podem prejudicar a amplitude de movimento de uma articulação, e consequentemente levar a um encurtamento. Quando o individuo machuca um membro ou uma articulação, tendo que efetuar uma imobilização gessada,  restringindo sua mobilidade. Também por doenças de tecido conjuntivo ou neuromusculares, traumas e deformidades ósseas (GOULART, 2005).

Um dos grupos musculares muito importantes na dança, são os adutores (virilha). Eles exercem um importante papel para a manutenção da postura e da marcha (caminhar).  Esses músculos, quando encurtados, podem levar a uma restrição da abdução do quadril (abertura). Por este motivo, nossos atletas cênicos, necessitam desenvolver uma boa flexibilidade na abdução do quadril, para que quando o atleta cênico realizar um movimento de grande amplitude, a musculatura esteja preparada para desenvolver com melhor qualidade, evitando assim possíveis lesões.

Dentre os diversos tipos de alongamento, colocaremos dois para que vocês possam analisar: o alongamento estático, e o por facilitação neuromuscular proprioceptiva.

O que é: Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva?
Mais conhecido pela abreviatura ( FNP ) de alongamento é uma terapia física. Procedimento concebido em 1940 à 1950 para reabilitar pacientes com paralisia.Muitas vezes, é uma combinação de alongamento passivo e exercícios isométricos (contrações). Em 1980, os componentes do FNP começou a ser usado por terapeutas esportivos em atletas saudáveis. Mais comum, nas pernas e  braços, em posições para incentivar a flexibilidade e a coordenação ao longo da toda a gama de membro do movimento. FNP é usado para suplemento diário de alongamento e é empregado para fazer ganhos rápidos na amplitude de movimento, ajudando os atletas a melhorarem seu desempenho. Boa amplitude de movimento torna a biomecânica melhor, reduz a fadiga e ajuda a prevenir lesões por overuse.

O alongamento estático (parado) consiste em alongar o músculo até o ponto de desconforto, mantendo este alongamento por um período de tempo. (DANTAS, 1999).

O alongamento por facilitação neuromuscular se caracteriza por envolver duas ou mais fases onde há alternância de exercícios ativo (o individuo usa a capacidade individual somente, executando o movimento sem auxilio), e passivo (onde é submetido a uma força maior, através do auxílio de outra pessoa ou carga), objetivando conseguir um grau de amplitude articular maior do que o habitual.

Autor Roger Dance

author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento com todos os amantes da Dança. Autor dos Blogs: Mundo da Dança "Tudo Sobre Todas as Danças" - e do Movimento Paulínia. Saiba mais sobre o Autor

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Blog Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que você precisa saber para Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento do E-book - Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Porque ajudar? Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Leave a Reply

Teste