Hot News MD
sábado, 9 de outubro de 2010

Pole Dance - Sua História - Parte 1

Aos dançarinos(as) de todo o mundo, hoje falaremos de uma modalidade de dança muito exótica e irresistível aos olhos de quem assiste. Um estilo ímpar e de uma plasticidade muito bonita, com formas de figuras coreográficas maravilhosas de grande impacto. Pole Dance é um seguimento da dança relativamente novo, mas como todo estilo de dança, é baseado em um conjunto de experiências e bagagem mecânica- expressiva de outros estilos mais antigos provenientes das mais diversas culturas. Para um maior aprofundamento do tema dividiremos esse assunto em duas postagens, então não deixem de ler:
Pole dance
Pole dance (em português: dança do cano, dança da barra, dança do varão ou ainda dança do poste - literalmente -, também conhecida como barra americana) é uma forma de dança e ginástica. Original da Inglaterra dos anos 1980, foi introduzida em Portugal em 2005 pela escola Círculo de Dança de Lisboa.
Se trata de uma dança sensual utilizando como elemento um poste ou barra vertical sobre o qual a bailarina(o) realiza sua atuação. Este termo, é comumente associado ao âmbito dos strip clubs, porém recentemente, também se utiliza o termo pole dance artístico nos cabaretes e nos circos em espetáculos acrobáticos que não apelam ao erotismo como ferramenta visual.
Existem diferentes vertentes de pole dance. Antigamente associado às casas noturnas e ao strip-tease, o pole dance assume hoje outras vertentes, como por exemplo o pole dance fitness, para a finalidade de trabalhar os determinados grupos musculares, ficar com o corpo em forma e praticar algum desporto. Há o poledance artístico, que visa mais ao lado acrobático e é incorporado principalmente em espetáculos de performace, no circo etc. E também o poledance sensual ou erótico, que é o que se vê nos strip clubs e que visa mais ao lado erótico e sensual.
O pole dance requer certa força e resistência. Nos strip clubs, o pole dance se realiza de forma não tão ginástica, mas também acompanhado de um strip-tease.

Origens

Tem sua origem ligada à prática do mallakhamb (homem de força), uma espécie de ioga praticado num poste de madeira e com cordas, ginástica tradicional indiana. Também é relacionado ao pole dance o mallastambha, onde os lutadores de luta livre ganhavam massa muscular.


                           


Novo perfil

Barra em um circo
O pole dance é considerado uma forma reconhecida de exercício e pode ser utilizado como uma ginástica. Reconhecidas escolas de ginástica estão agregando este baile como parte de seu repertório elevando assim sua popularidade. Também é catalogado por alguns como uma arte cênica. Um exemplo de pole dance com desempenho de arte cênica pode ser visto em Montreal, concretamente no Cirque du Soleil. Neste circo, acrobatas vestidos de múltiplas cores realizam esta prática, que inclui movimentos que implicam numa grande quantidade de força e habilidade.

Pole dance na mídia

Comum em filmes americanos eróticos, tais como Striptease, protagonizado por Demi Moore e I Know Who Killed Me, com Lindsay Lohan, o pole dance também foi destaque em novelas brasileiras. A novela Dance, Dance, Dance, exibida na Band, teve, em seu último capítulo, uma cena onde Sofia (Juliana Baroni) dançava pole dance para salvar a Fundação Verônica Marques.
Flávia Alessandra, na novela Duas Caras, da Globo, teve seu personagem Alzira dançando em uma barra, utilizando um tapa-sexo de couro.
A top model Kate Moss dançou no mastro em um videoclipe do grupo de rock White Stripes. O pole dance também já apareceu no clipe Gimme More da cantora pop Britney Spears.
Na Romênia, em Bucareste, uma stripper foi destaque na mídia ao aparecer dançando num metrô utilizando os canos do transporte na sua performance. Ela se despia ao som do filme Ou tudo ou nada e pedia dinheiro no final da apresentação.
Madonna, nos shows ocorridos em dezembro de 2008 nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, efetuou movimentos numa barra no palco ao ritmo do hit Into the Groove.
Miley Cyrus também fez movimentos no cano na apresentação do single Party in the USA no Teen Choice Awards de 2009.

Livros
Diablo Cody, em seu livro Minha Vida de Stripper, relata detalhes de sua vida de dançarina de pole dance e dança da cama com simulação de sexo com homens. Além disso, enumera as 10 melhores músicas para se dançar no poste.

Moda
A designer Heather Thomson, na Semana da Moda de Nova Iorque, ocorrida em setembro de 2008 em Manhattan, escolheu dançarinas da região para desfilar sua linha de lingerie Yummie Tummie. As dançarinas trabalhavam em stripclubs.

Veja Também:

Pole Dance - Sua História - Parte 2
author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes da Dança. Saiba mais sobre o Autor. Siga no Twitter: @mundo_danca

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que precisa saber para Dançar, Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento: Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
Item Reviewed: Pole Dance - Sua História - Parte 1 Rating: 5 Reviewed By: Roger Dance