Hot News MD
domingo, 19 de maio de 2013

Dança Axé - Sua História

Como surgiu a Dança Axé ???

Lembram-se de "Fricote" ? Aquela música que dizia assim: "... pega ela aí, pega ela aí. Pra que? Pra passar batom, que cor? Violeta. Na boca e na buchecha ...". ela é considerada um marco na música baiana, a canção que inaugurou o axé musica. Criada por Paulinho Camafeu e interpretada por Luiz Caldas. Fricote conquistou a Bahia e ,em pouco tempo, o país. Em 85, Luiz Caldas liderando a banda Acordes Verdes, que tinha Carlinhos Brown na percussão, abriram as portas para a turma da pesada.

Sarajane ("Abre a rodinha"), Gerômino ("Eu sou negão"), Banda Reflexus ("Madagascar"), Cid Guerreiro, Banda Mel, Olodum, Chiclete com Banana, Asa de Águia entre outros, começavam a descer dos trios para ganhar os palcos. Luiz Caldas lembra que a origem da axé music está no tropicalismo de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Mas distancia-se do movimento ao afirmar que a grande contribuição do axé não é musical:

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

"Alegria é o grande segredo de nossa música, o descompromisso é fundamental". No início da década 90 a música baiana ganhava novas caras, Ricardo Chaves (com a música "É o Bicho") e Daniela Mércury (com o "Canto da Cidade") consolidaram o ritmo e quebraram as últimas resistências do sul do país. As rádios, que eram dominadas pela música estrangeira começaram a dar prioridade para o artista nacional. No embalo do axé, vieram os sertanejos, os pagodeiros, etc. O ritmo ganhou novo fôlego com a inclusão do samba de roda baiano. É o Tchan e Terra Samba são os grandes responsáveis pela chamada de "terceira onda da música baiana". Luiz Caldas tem uma posição muito particular sobre essa nova geração: "Acho que o axé virou de cabeça para baixo. Hoje tem mais tecnologia e menos qualidade".

Como sempre costumo dizer aqui no Mundo da Dança os estilos de dança sempre costumam nascer seguidos de algum movimento cultural fortemente envolvido com a música. Praticamente essas duas vertentes da cultura caminham juntas, não raro dizer que uma ou outra depende de ambas.

Hoje já são vários os grupos de Axé que Dançam pelo Brasil e ajudam a fortalecer ainda mais esse seguimento cultural originalmente brasileiro. E as músicas estão se tornando cada vez mais diversificadas dentro do estilo com o surgimento de várias bandas também.


Junto com esse movimento musical que dominou a década de 90 para frente, veio acompanhando as danças que eram no começo realizadas pelos dançarinos que faziam os shows junto com os cantores. Dai acabou indo para as academias de ginástica e dança com o intuito de que a população pudesse aprender as coreografias. Dessa forma poderem dançar junto com seus ídolos nos lugares de espetáculos onde iam. Criou-se campeonatos desse estilo de dança e hoje é praticado por muitos dançarinos pelo Brasil todo.

Perto de outros estilos o Axé ainda esta engatinhando e vai encontrar uma forma de se estabelecer no mundo da dança como um estilo competitivo, assim como foi com a Street Dance e Dança de Rua que são hoje parte do Circuito Profissional de Dança Brasileiro. Como o Axé tem um apelo fortemente cultural, acredito que vai estar sempre entre as festas do povo brasileiro, assim como o Forró e o Baião por exemplo.

Colaborem com o artigo comentando abaixo e deixando sua experiência com o Axé, e ajude a engrandecer ainda mais o Mundo da Dança.


author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes da Dança. Saiba mais sobre o Autor. Siga no Twitter: @mundo_danca

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que precisa saber para Dançar, Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento: Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
Item Reviewed: Dança Axé - Sua História Rating: 5 Reviewed By: Roger Dance