Hot News MD
quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

B.Boying ou B.Girling (Breaking) - Dança de Rua


Mundo da Dança trás até vocês mais uma excelente série que trata do assunto dança. Agora vamos escrever sobre a Dança de Rua e seus vários estilos. Sempre é muito bom pesquisar e conhecer ainda mais sobre a cultura da dança entre os povos e todo o planeta. Então vamos dar sequência ao estilo que anda fazendo muito sucesso entre todos dançarinos urbanos.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


B.Boying ou B.Girling (Breaking)

Break Boy ou Break Girl, esta é a denominação correta para este estilo de dança que surgiu entre 75 e 76 no bairro do Bronx, em Nova York (Estados Unidos). O termo Break vem da música que os DJ`s tocavam nas Block Partys (festas de rua) que tinham como fonte o Soul, Funk, Jazz e músicas Latinas. Break (B.) é o trecho de maior impacto de uma música que na maioria das vezes é instrumental, valorizando mais a batida e a linha de baixo. Nesse momento da música que o pessoal pirava, os garotos (Boys) e garotas (Girls) entravam em ação, sendo assim ficaram conhecidos como B. Boy, ou seja, garoto (a) que dança no break da música. Kool Herc (pioneiro das Block Partys, festas que deram origem a Cultura Hip Hop) foi quem apelidou os dançarinos de B.Boys.

Os primeiros B.Boys foram os NiggaTwins que dançavam para o Kool Herc. Depois disso outros B.Boys tiveram grande influencia na concepção da dança como: Spy do Crazy Commanders que criou o Footwork, Jimmi Dee, Boss, Trac 2 e etc…

Características do B.Boying: A dança sempre tem inicio com uma preparação chamada de Top Rock, em seguida o dançarino desce para o chão fazendo o passo conhecido com footwork e sempre finaliza com algum freeze (congelamento). Podendo mesclar com movimentos de impacto, conhecidos com Power Moves e Spins.

O Top Rock (originado no Bronx) tem hoje a função de apresentação, ao entrar na roda o B.Boy/B.Girl completo, nunca deixa de apresentar o seu Top Rock, é o cartão de visitas apresentando o seu estilo, só depois ele desce ao chão para executar o Footwork. Quem não apresenta o seu Top Rock e o seu Footwork na roda não pode ser considerado um B.Boy/B.Girl completo.

Voltando, o Footwork (conhecido por nós como Sapateado) é o trabalho realizado pelos pés movimentando o corpo circularmente com o apoio das mãos. O Footwork é a base do B.Boying. Após sua rotina, o B.Boy sempre termina sua entrada com um Freeze (uma congelada). Um Freeze bem feito deve durar pelo menos dois segundos na posição escolhida, como já me disse a lenda Mr Freeze.

Por fim, entram os Moves (movimentos). O giro de cabeça, os saltos, os moinhos de vento, etc. São movimentos influenciados pela ginástica e ginástica olímpica com tempero da Rua. Existe uma grande discussão mundial, sobre o valor real dos Moves. Não há dúvida que um leigo em Hip Hop vai achar um Mortal "melhor" do que um Footwork. Porque o mortal é mais difícil, é mais bonito. O que tem ocorrido é que a última geração de B.Boys e B.Girls assitem as fitas de campeonatos e vêem muitos Moves. Na hora de ensaiar, esquecem da base (Up Rock, Top Rock, Footwork) e só ensaiam saltos. Não é conservadorismo que um bom B.Boy/B.Girl é aquele que é completo, ou pelo menos se esforça para isso.

Acompanhem a Série:




author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes da Dança. Saiba mais sobre o Autor. Siga no Twitter: @mundo_danca

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que precisa saber para Dançar, Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento: Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
Item Reviewed: B.Boying ou B.Girling (Breaking) - Dança de Rua Rating: 5 Reviewed By: Roger Dance