Hot News MD
quinta-feira, 4 de junho de 2015

A Escola Bolshoi leva Don Quixote para Brasília.

DON QUIXOTE EM BRASÍLIA

A Escola Bolshoi leva Don Quixote para Brasília. O ingresso é 1 kg de alimento

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil leva a Brasília a envolvente história do Ballet “Don Quixote”. O espetáculo que conta com o patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Ministério da Cultura, acontece no dia 11 de junho, às 20h, no Ginásio Nilson Nelson. Os ingressos serão trocados por 1kg de alimento não perecível, exceto sal, a partir do dia 9 de junho, das 10h às 18h, na Bilheteria do Nilson Nelson. Serão trocados 4 ingressos por CPF, mediante a doação do alimento. Os alimentos serão destinados a entidades assistenciais da Região de Brasília.

Na ocasião, haverá homenagem póstuma ao Senador Luiz Henrique da Silveira, patrono fundador da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.

Don Quixote é um balé com teatralidade e de música vibrante, onde o público vive as emoções da obra como se fosse um dos personagens. A versão coreográfica apresentada pela Escola Bolshoi, é resultado do trabalho do bailarino e coreógrafo russo, Vladimir Vasiliev, eleito “bailarino do século” pela UNESCO. Além de preservar a abundância e a diversidade da dança, Vasiliev ensinou aos alunos do Bolshoi não apenas os detalhes técnicos, mas também que, para ser um verdadeiro bailarino, não basta apenas dançar com o corpo, é preciso dançar com a alma.
O elenco é composto por 80 bailarinos em cena, com coreografia vibrante e música envolvente, os bailarinos narram por meio da dança a história de Kitri e Basílio.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

A história de Don Quixote

Na “Grande Suíte do Ballet Don Quixote”, com nova versão coreográfica de Vladimir Vasiliev, Kitri e Basílio, protagonistas da obra, vivem uma intensa história de amor, heroísmo e ilusão, com traços hispânicos marcantes.
Kitri e o pobre barbeiro Basílio enganam o rico Gamach, noivo da heroína, com quem Lorenzo, seu pai, a força se casar. Com a ajuda de Don Quixote, nobre cavalheiro, e Sancho Panza, seu fiel escudeiro, os apaixonados Kitri e Basílio se casam numa grande festa em Barcelona. “Don Quixote”, de Marius Petipa, nasceu em Moscou em 1869, quando o coreógrafo francês selecionou algumas partes da novela de Miguel de Cervantes e fez um libreto e coreografias com a música virtuosa de Ludwig Minkus para a produção no Teatro Bolshoi, em Moscou.

Petipa conhecia bem a Espanha e as danças espanholas, portanto, no seu “Don Quixote” reviveu o espírito da Espanha, a brilhante teatralidade das multidões dançando nas praças de suas cidades, cheias de luminosidade solar e em tavernas sob a luz das estrelas da Europa meridional. Alexander Gorsky, aluno de Petipa produziu novamente este balé em 1900, quando indicado para dirigir o Balé Bolshoi. A produção obteve tal sucesso que existe até hoje com pequenas mudanças na coreografia e direção. Porém, está incluída no repertório da maioria das companhias de dança com fama mundial.

Gorsky conseguiu criar um “Don Quixote” muito democrático, alegre e cheio de cores. O balé sempre foi adorado pelos dançarinos porque mesmo os mais modestos membros do corpo de baile conseguiam pela primeira vez se sentir criadores e co-autores da peça. Cada qual tinha uma tarefa cênica concreta e sob sua discrição ‘criava’ um mini retrato cênico da sua personagem. Este espírito de improvisação dava uma especial originalidade às cenas de multidão em “Don Quixote”. Isso foi o que Gorsky acrescentou a esse balé, e foi o que Vladimir Vasiliev seguiu e desenvolveu mais ainda quando bailarino. Vasiliev deu continuidade a esse trabalho ao produzir a suíte para os alunos da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.

Formação de Plateia – Contrapartida Social

No dia 12 de junho, às 10h, no Ginásio Nilson Nelson, acontece a formação de plateia. Um espetáculo voltado a crianças da rede pública de Brasília e a pacientes do Hospital Sarah Kubitschek. A apresentação visa estimular o gosto pelas artes e o hábito de frequentar o teatro. A intenção da Escola Bolshoi é contribuir para o desenvolvimento do cidadão e a inclusão deste nos meios culturais.

BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é empresa pública federal dedicada a apoiar financeiramente projetos em todos os segmentos da economia brasileira.

O BNDES financia investimentos na indústria e nos serviços, na infraestrutura, no agronegócio, no meio ambiente e em projetos que melhorem as condições de vida da população e reduzam desigualdades sociais e regionais. No segmento cultural o BNDES contribuiu para a produção de filmes e livros, a construção de salas de cinema, a restauração de patrimônios históricos e para a realização de eventos de cinema, música, dança e literatura.

Serviço:

O que: “Grande Suíte do Ballet Don Quixote”.
Quando: 11 de junho
Horário: 20h
Local: Ginásio Nilson Nelson - Brasília
Ingressos: 1 kg de alimento não perecível – exceto sal – 4 ingressos por CPF – mediante a doação dos alimentos
Troca de ingressos: 9 de junho, das 10h às 18h, no Ginásio Nilson Nelson




author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes da Dança. Saiba mais sobre o Autor. Siga no Twitter: @mundo_danca

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que precisa saber para Dançar, Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento: Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
Item Reviewed: A Escola Bolshoi leva Don Quixote para Brasília. Rating: 5 Reviewed By: Roger Dance