Hot News MD
terça-feira, 21 de junho de 2016

A arte da Dança Grega


A arte da Dança grega  é o movimento rítmico de uma ou mais pessoas que realizam com acompanhamento musical.É uma das poucas atividades humanas em que o homem se joga de coração, corpo e alma.Como tal atividade, portanto, aparece muito cedo nas sociedades humanas como um meio de emoções e de externalização de ritual religioso.


Mundo da Dança nas Redes - Facebook | Twitter | Instagram | Youtube


O instinto da dança pode ser detectada até mesmo em muitas outras espécies do reino animal. Muitas aves, ou animais, por exemplo, executam, especialmente durante os movimentos de acasalamento,rítmicos diferentes através dos quais externalizam suas necessidades.Demonstram,através da dança o bom estado, permitindo assim o processo de seleção dos parceiros.Esse vídeo aqui retrata muito bem a dança no mundo animal!


Ajude nos a manter este Site ativo, faça uma DOAÇÃO


Os gregos antigos acreditavam que dançar foi inventado pelos deuses e, portanto, associaram isso com suas cerimônias religiosas e de culto. Eles acreditavam que os deuses ofereciam esse presente a alguns seletos mortais, que em troca ensinavam a dança a seus companheiros.A mitologia grega atribui a origem da dança a Reia, que ensinou sua arte aos Curetes em Creta. Cronos destronou seu pai Urano. Uma vez que ele tinha medo de que pudesse ser destronado por seus próprios filhos, ele os comia assim que nasciam. Sua esposa Reia, porém, enganou Cronos quando sua última criança, Zeus, nasceu.

Ela escondeu Zeus em uma caverna escura em Creta e, em vez de entregá-lo, deu uma pedra enrolada em faixas de pano para Cronos comer. Ela também pediu aos Curetes, que eram semideuses armados, para dançar uma dança de guerra em torno da caverna, gritando e batendo nos escudos com as espadas, para que Cronos não escutasse o bebê Zeus chorar. Quando mais tarde Zeus destronou seu pai, os Curetes se tornaram os sacerdotes no novo mundo. Seus descendentes continuaram suas danças de guerra como parte de suas cerimônias religiosas.Na mitologia romana é identificada com Cibele, uma das manifestações da Deusa mãe, Magna Mater.

As fontes gregas mais antigas vêm de Creta, onde a civilização minóica floresceu em torno de 3000 a 1400 a.C. Os habitantes de Creta cultivaram a música, o canto e a dança como parte de sua vida religiosa e também para seu próprio entretenimento. Em algum momento durante o século V a.C, Creta foi tomada por invasores da Grécia continental e, por fim, foi controlada por Micenas. Muitas descobertas arqueológicas mostram que a rica tradição cretense de dança indubitavelmente influenciou os micenos, que passaram adiante aquelas danças, junto com outros elementos de sua vida cultural e tradicional para a Grécia continental.As danças cretenses eram executadas em círculos abertos ou fechados. Os cretenses normalmente dançavam em torno de uma árvore, um altar, ou objetos místicos a fim de libertá-los do mal. Mais tarde, eles usaram a dança em torno de um cantor ou musicista. Esculturas cretenses ilustravam danças em um círculo em torno do tocador de lira, danças em casal conectadas com os cultos, e a dança um tanto de balanço, executada por grandes coros de mulheres em frente de todas as pessoas. Esculturas similares foram encontradas na Grécia continental e em Chipre, e eram datadas de em torno de 1400 a 1050 a.C.

Os gregos acreditavam que a dança era um presente dos Deuses para o homem esquecer, através dela, suas dores e tristezas da vida. Descrições de dança encontrados em textos antigos e já em Homero, está em plena floração, culminando curso de seu desenvolvimento da era clássica.Nas danças antiga estava a Gymnopaedia, na antiga Esparta, era uma celebração anual, durante o qual os jovens nus exibiam suas habilidades atléticas e marciais por meio da dança de guerra. O costume foi introduzido, em 668 aC, em simultâneo com a introdução de atletismo , lubrificavam seus corpos nus para o exercício, de modo a realçar a sua beleza.Geralmente, a alma humana,se sentia aliviada pelas paixões dos movimentos sutis de várias danças especializadas. Então eles inventaram danças religiosas, militares, ginástica, teatro, banquetes, bailes de casamento e outras alegres ou tristes procissões.

A Dança grega tem uma função essencialmente social. Ele reúne a comunidade em grandes encontros do ano, como a Páscoa, a colheita da uva ou festivais patronais e em encontros na vida dos indivíduos e das famílias,batizados,aniversários e casamentos. Por esta razão, a tradição frequentemente é dita numa ordem estrita no arranjo dos dançarinos, por exemplo, pela idade. Visitantes tentados a participar de uma celebração deve ter cuidado para não violar esses arranjos, em que o prestígio dos moradores individuais podem ser incorporados.Danças gregas são realizados muitas vezes em comunidades da diáspora grega, e entre os grupos internacionais de dança folclóricas.

Os gregos antigos consideravam a dança essencial para a educação, para o culto e para o teatro. O filósofo grego Platão aconselhava que todos os cidadãos gregos aprendessem a dançar desde crianças para desenvolver o autocontrole e o desembaraço na arte da guerra. Danças com armas faziam parte da educação dos jovens de Atenas e Esparta. Danças sociais eram realizadas em ocasiões festivas. “Os gregos acreditavam que a dança era um presente dos Deuses para o homem esquecer, através dela, suas dores e tristezas da vida.”

As danças religiosas desempenharam importante papel no nascimento do teatro grego. No século IV a.C., peças de teatro chamadas tragédias tiveram origem numa cerimônia de hinos e danças em homenagem a Dionísio, o deus do vinho. A Amélia, uma dança cheia de dignidade executada nas tragédias, compreendia uma série de gestos conhecidos. Um bailarino experiente podia relatar todo o enredo da peça através desses gestos. As peças humorísticas chamadas sátiras, e as comédias gregas, incluíam músicas alegres.

A Grécia é um dos poucos países do mundo onde as danças folclóricas ainda têm uso corrente. Elas não são meras peças de museu, preservadas apenas para eventos ocasionais, mas a viva expressão da vida cotidiana. Essa turma dançou na comemoração do dia do Oxi aqui do meu bairro, olhem a alegria estampada nos olhares deles. Apesar de tantos problemas enfrentados, devido a crise que se abateu na Grécia, mas quando chega a hora de dançar.. só querem dançar!



author

Sobre o Autor:

Roger Dance é dançarino, coreógrafo e blogueiro. Estudioso dessa arte pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes da Dança. Saiba mais sobre o Autor. Siga no Twitter: @mundo_danca

Assine e receba nossos posts em seu e-mail!

E-book Dança Gospel - Mundo da Dança está lançando seu primeiro E-book - Dança Gospel - COMPRE SEU EXEMPLAR AQUI ** Tudo o que precisa saber para Dançar, Louvar e Evangelizar !!! **Leia a matéria de lançamento: Clique aqui.
Faça uma Doação ao Mundo da Dança - Saiba como e ainda ganhe um Brinde!
Item Reviewed: A arte da Dança Grega Rating: 5 Reviewed By: Roger Dance