Cia Developpé de Paulínia conquista pódio no Dançarte Salto


Bailarina da Cia, Virgínia Cameirão, foi honrosamente convidada a participar da abertura do evento

Bailarinas da escola de dança levaram 8 premiações representando a cidade

“Agradeço a vocês todos pelo que a minha família está sentindo hoje. Na mesma semana que completou 1 ano que o Roberto mudou de plano, a nossa querida Virgínia foi digna de 3 troféus. Está demais para o coração dessa mãe”, diz Suely Cameirão, mãe da bailarina paulinense Virgínia Cameirão que levou 3 troféus para casa na noite de premiação do 21º Dançarte Salto. “Mãe de bailarina sofre”, completa orgulhosa.


Mundo da Dança nas Redes - Facebook | Twitter | Instagram | Youtube


O festival de dança de Salto, que realizou sua 21ª edição, aconteceu nos últimos dias 28, 29 e 30 de abril na sala Palma de Ouro. Ao todo, a Companhia Experimental Developpé levou 8 troféus para casa. A premiação foi emocionante, com várias revelações de talentos.

Esse é o caso da jovem Cecília Neres que em sua primeira competição conquistou o 3º lugar solo. “Fico mais nervoso que ela”, revelou o pai, Marcio José Jacintho. “Estou muito feliz por minha pequena bailarina já estar dando seus primeiros passos e realizando seus sonhos. Feliz, pois sua felicidade é minha felicidade também”, declarou orgulhoso.

Para a diretora da Companhia, Karen Juan, todos ganham o prêmio maior, que é superar o desafio de dançar solo, ou em grupo, enfrentar os jurados e receber os aplausos. “Esse é um preparo para os desafios da dança e da vida”, completa.

Conquistas do 21º Festival Dançarte Salto


2º lugar A Tua Espera, por Larissa Bogas, jazz – solo adulto.

3º lugar A Princesinha e o Sapo, por Cecília Neres, variação repertório feminina – solo infantil.

3º lugar Paysant, por Giulia Linares, variação repertório feminina – solo infantil.

3º lugar Mazurca de Coppélia, clássico de repertório juvenil – grupo.

3º lugar Esmeralda, por Larissa Bogas, clássico de repertório feminina – adulto.

3º lugar Bonecas Escocesas, jazz – grupo infantil.

3º lugar Fada Flor de Cerejeira, por Virgínia Cameirão, clássico livre.

Troféu Incentivo, por Virgínia Cameirão.

Sobre a Cia Experimental Developpé


A Companhia Experimental Developpé é um grupo formado pelas bailarinas que fazem aulas na escola de dança Developpé Ballet & Cia e no Ciadapte. Formado em 2016, o grupo participa de competições em nome da cidade e em apresentações públicas com a finalidade de oferecer experiência às bailarinas fora da sala de aula. Em 2017, parceria inédita da Cia com a SPDC – São Paulo Companhia de Dança – traz inúmeras atividades para Paulínia.

Compartilhe Google Plus

Sobre Roger Dance

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.