14 dicas na hora de comprar e cuidar do seu Tutu!


Que bailarina não sonha com aquele tutu lindo com as cores e bordados que ela merece para coroar sua apresentação? Depois de muito suor e dedicação nas aulas o que todas elas querem é brilhar nos palcos e, para isso, o figurino é fundamental. Mas figurinos bem feitos não são um investimento barato, então, vale a pena estar atenta, tanto na hora da compra, quanto na conservação do seu tutu, afinal, ele faz parte do seu “material de trabalho” na dança.

Com a orientação do figurinista Diego Costa, que desde 2011 vem criando figurinos para bailarinos de vários estados do Brasil e também do exterior, reunimos 14 dicas para um investimento bem feito e duradouro naquele tutu dos seus sonhos! Mais informações sobre o trabalho de Diego Costa você encontra no Guia Dança em Pauta.

1. O CORPETE:

Quando for escolher o seu tutu, dê preferência aos que utilizam corpete de tecido sintético como o poliéster ou a poliamida. Este tipo de tecido não absorve o suor evitando o mau cheiro e também o peso da roupa molhada na hora de dançar. Além disso, tecidos de fibra vegetal como algodão e viscose, que absorvem o suor, podem acabar desgastando muito rapidamente;

2. A SAIA:

Já para a saia, o ideal é que os enfeites sejam bordados e não colados. Isso garante mais durabilidade, pois os enfeites estarão mais firmes em momentos como os portées, por exemplo, em que o parceiro pode encostar o rosto ou corpo no tutu;

3. BARBATANAS QUE NÃO ENFERRUJEM:

Ainda sobre a escolha da saia, no caso dos tutus bandeja, evite as barbatanas de “passa fio”, como são popularmente conhecidas, pois elas enferrujam com a umidade, manchando o filó da saia. As barbatanas de aço inoxidável são as mais indicadas;

4. PORTA TUTU IMPERMEÁVEL:

O porta tutu é fundamental tanto para guardar, quanto para transportar seu tutu para as apresentações, mas é importante observar o material de que ele é feito. Porta tutus de materiais como o TNT podem soltar tinta com a umidade. Prefira os fabricados com naylon ou qualquer outro material impermeável;

5. ATENÇÃO AO COLOCAR O FIGURINO NO PORTA TUTU:

Observe o diâmetro do seu porta tutu, pois é importante que as pontinhas da saia não fiquem amassadas dentro dele. O ideal é guardar no máximo dois figurinos em cada porta tutu;

6. MENOS UMIDADE E MAIS PERFUME:

Outra dica legal é colocar sachês de sílica dentro do porta tutu para absorver a umidade. Sachês perfumados também são uma ótima opção;

7. TRANSPORTANDO E GUARDANDO SEU TUTU:

Você pode dobrar o figurino dentro do porta tutu para transportá-lo, por um curto período, como a bailarina Mayara Magri, na foto, mas na hora de guardar mantenha ele sempre aberto para não danificar a saia;

8. COMO DESAMASSAR:

Se acontecer de amassar a saia, arrume as dobras na posição correta e coloque um ferro com bastante vapor a uma distância de cerca de 3 cm para desamassar;

9. AREJAR:

Após o uso, deixe o tutu ao ar livre para secar e evitar mau odor. Se estiver em viagem, deixe aberto em cima da cama, mas caso ele esteja muito úmido, você pode passar um secador no modo frio. Se estiver executando apresentações por alguns dias seguidos em um mesmo teatro, ele deve ficar aberto no camarim até a próxima utilização;

10. COMO LIMPAR:

Além do seu próprio suor, a mão suada do partner ou o contato do rosto maquiado dele durante um portée podem sujar o figurino. Neste caso, para limpar, utilize um lencinho umedecido, sem álcool e sem cheiro (os produtos perfumados podem amarelar o tecido);

11. COMO ELIMINAR ODOR:

Para tirar o odor você pode utilizar sprays desodorizantes específicos para roupas, ou até mesmo os vendidos para cortinas, sofás, etc. Outra opção é passar um paninho umedecido em uma solução de 200 ml de álcool, misturado a 50 ml de amaciante;

12. COMO LIMPAR – 2 (CASOS EXTREMOS):

Em casos extremos, se for preciso lavar o corpete, é possível descosturá-lo da saia, mas certifique-se de que saberá costurar novamente depois. O corpete não deve ser colocado em máquina de lavar, nem tampouco deixado de molho. A lavagem deve ser feita a mão e com cuidado para não estragar os enfeites;

13. DEIXAR AREJAR SEMPRE!

Mesmo que o tutu esteja bem guardado e conservado, observando todas as dicas anteriores, se você ficar um longo período sem usá-lo, é recomendável tirar do porta tutu e deixar arejando uma vez por mês. Também é importante tirar do porta tutu alguns dias antes de usá-lo;

14. ÁGUA NA SAIA NÃO!!!

Por fim, em hipótese alguma use água para limpar a saia, pois isso irá tirar a goma que dá forma ao tutu. Se for deixar em uma lavanderia, ela precisa ser especializada e, ainda assim, de sua confiança, ou você pode perder seu tutu e o investimento que fez nele.

Com todos estes cuidados seu tutu vai ter vida longa e te ajudar a brilhar mais ainda nos palcos!!

Fonte: Dança em Pauta


Compartilhe Google Plus

Sobre Roger Dance

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.