Sesc Pinheiros recebe em fevereiro quatro performances de dança com entrada gratuita


O espetáculo Puerpério, da Cia Silenciosas, e três performances do Coletivo Desvelo (Desbunde Geral, Serei.A e Praga da Dança) acontecem em fevereiro. As três primeiras performances ocorrem em diferentes espaços da unidade, já Praga da Dança terá sessão única no Largo da Batata, próximo ao Sesc Pinheiros. Confira abaixo a programação completa.

Programação/Serviço

Puerpério

Com Cia Silenciosas
Dias 9 e 10 de fevereiro de 2019
Sábado, 15h, domingo, 14h
Local: Sesc Pinheiros – Sala de Oficinas (2º andar)
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP
Ingresso: Grátis (Retirada de ingressos na bilheteria 1h antes)
Classificação: Livre

Puerpério é um trabalho que mistura depoimentos em dança e teatro de três mães que atravessam e são atravessadas por esse período. A Cia Silenciosas apresenta um novo trabalho criado a partir da experiência do puerpério, o período que procede o parto e marca as transformações físicas e psicológicas da mãe.

O espetáculo destaca o tempo prolongado para entender as mudanças mais óbvias, as necessidades do recém-nascido e também as necessidades da mulher: a volta ao trabalho, as demandas sociais, as adaptações emocionais. Dança-se a exaustão, a felicidade, a tristeza, o descontentamento com os próprios corpos, a vontade de voltar a ser si mesma, e de nunca voltar. A direção é de Diogo Granato e as intérpretes-criadoras são Flávia Scheye, Ilana Elkis e Michelle Farias.

Desbunde Geral

Com Coletivo Desvelo
Dias 19 e 20 de fevereiro de 2019
Terça e quarta, às 20h30
Local: Sesc Pinheiros – Praça
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP
Ingresso: Grátis
Classificação: Livre

O espetáculo Desbunde Geral, do Coletivo Desvelo, tem o objetivo de desvelar poéticas artísticas a partir de intervenções que se apoiam na liberdade como objeto em comum – a liberdade de ser o que se é e o que for possível independente das condições identitárias. Segundo o grupo, o trabalho é uma maneira estratégica de lutar e resistir frente alguns obstáculos ou ameaças autoritárias que buscam padronizar os sujeitos, excluindo qualquer possibilidade de uma performance social ‘fora dos costumes’.

Serei.A

Com Coletivo Desvelo
Dia 21 de fevereiro de 2019
Quinta, 20h30
Local: Sesc Pinheiros – Praça
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP
Ingresso: Grátis
Classificação: Livre

Serei.A, do Coletivo Desvelo, investiga nos corpos a construção de uma dança que promova uma encruzilhada entre etéreo e o esquisito, a chacota e o glamour, a densidade e suspensão dos corpos entregues a intervenção que, em um mergulho profundo, encontra parceria na escuridão e assim submergem sereias.

A performance traz para a cena a invenção de uma “força-sereia”. Apoiando-se no imaginário dos intérpretes-criadores do que poderia ser uma sereia, ser místico onde metade algo e metade outro se transborda na ação de ser ambos, sem distinção, mas sim completude, totalidade. Desde Iemanjás, Iaras, seres desconhecidos ou ainda não vistos por alguém que possa contar.

Intervenção cênica – Praga da Dança

Com Coletivo Desvelo
Dia 22 de fevereiro de 2019
Sexta, 17h
Local: Largo da Batata
Pinheiros, São Paulo – SP
Ingresso: Grátis
Classificação: Livre

No século XVI, a cidade francesa de Estrasburgo viveu uma inexplicável epidemia que matou centenas de pessoas, que dançaram sem descanso por dias seguidos até seus corpos não suportarem mais. Mito ou verdade, esta referência histórica permeia o espetáculo, que propõe uma contaminação de movimentos entre os corpos dos artistas e os das pessoas que transitam pelo espaço onde eles se apresentam.

Com o olhar ou o toque, os dançarinos do Coletivo Desvelo lançam convites para o público, que pode se juntar a eles e dançar junto à percussão da trilha sonora. O fim da apresentação, ao contrário da história original, é uma grande celebração.

Praga da Dança faz parte do projeto “Poéticas da cidade”, que leva intervenções cênicas com a proposta de dialogar com a poética do asfalto, do cotidiano e do ambiente externo da rua.

Crédito da foto: Aline Batista | Cena de Praga da Dança, com Coletivo Desvelo


Compartilhe Google Plus

Sobre Roger de Souza

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.