As 10 danças mais praticadas no Mundo


Saiba agora um pouco sobre a origem e quais as danças mais praticadas no mundo.

A dança surgiu antes mesmo da fala, como uma das primeiras ferramentas de
comunicação humana, isso na época da pré – história, primeiro batendo os pés no chão, aos poucos foram dando mais intensidade aos sons, começaram então a utilizar as mãos através das palmas e assim foram descobrindo novos ritmos.

Primeiros Registros da origem da Dança

Os primeiros registros do surgimento de danças em grupo estão gravadas em
paredes e documentos no Egito Antigo, através de rituais religiosos 2000 a.C, onde as pessoas dançavam para fazer diversos agradecimentos , louvores e também para pedir aos deuses sol e chuva.

Com o passar do tempo, a dança ganhou espaço em diversos segmentos , inclusive no esporte, como nos primeiros jogos olímpicos da Grécia em 1896, onde foi celebrado com vários tipos de dança da época.

10 Estilos de Danças Mais Praticadas Pelo Mundo

Salsa (Cuba)

A música hoje chamada salsa é uma mistura de ritmos afro-caribenhos, tais como o son montuno, o mambo e a rumba cubanos, com a bomba e a plena porto-riquenhas. A salsa tem origem cubana, por volta dos anos 60,sendo uma espécie de adaptação do mambo da década de 1950.

Ballet (Itália)

Balé ou Ballet  é um dos estilos de danças mais praticados no mundo, que se originou na Itália renascentista durante o século XV, e que evoluiu ainda mais na Inglaterra, Rússia e França como uma forma de dança de concerto.

Veja também: BALLET - SUA HISTÓRIA

Break Dance (EUA)

BreakDance é um estilo de dança de rua da cultura do Hip-Hop criada por afro-americanos e latinos na década de 1970 em Nova York, nos EUA.

Dança do Ventre (Egito)

A dança do ventre também está entre as danças mais praticadas no mundo. A história mais aceita delas diz que a Dança do Ventre tem origem no Egito Antigo, em rituais, cultos religiosos, onde as mulheres dançavam em reverência a deusas. Com movimentações ondulatórios e batidos de quadril, as mulheres reverenciavam a fertilidade, celebravam a vida.

Veja também: DANÇA DO VENTRE - SUA HISTÓRIA

Yangko (China)

É uma das danças mais praticadas na China, sua origem foi a partir da cultura chinesa e permanece como uma das mais populares no país. Ao se movimentar, deve-se balançar o corpo em determinado ritmo. Os quadris e a cintura são usados para conduzir os pés no ritmo da música. A dança tem existido por mais de mil anos.

Sapateado (Irlanda)

Sapateado é um estilo de dança, originalmente irlandesa, na qual os dançarinos produzem sons sincopados, ritmados com os pés.

Veja também: SAPATEADO - SUA HISTÓRIA

Zumba (Colômbia)

A Zumba foi criada por acaso pelo colombiano Beto Perez no final dos anos 90 em Miami, nos Estados Unidos. Momentos antes de iniciar uma aula de ginástica localizada, o professor notou que esqueceu o seu CD de músicas e improvisou uma coreografia de dança usando ritmos latinos.

Veja também: DANÇA ZUMBA

Samba (Brasil)

O samba é um gênero musical oriundo do Rio de Janeiro, no Brasil. Considerado uma das principais manifestações culturais populares brasileiras, deriva do samba de roda, um tipo de dança de raízes africanas nascido na Bahia, região Nordeste do país. Embora o samba tenha perdido espaço no número de adeptos nos últimos anos, principalmente para estilos como sertanejo universitário e forró, ainda assim é o tipo de dança brasileiro mais conhecido no exterior.

Tango (Argentina)

O tango é um estilo musical e uma dança a par. Tem forma musical binária e compasso de dois por quatro. A coreografia é complexa e as habilidades dos bailarinos são celebradas pelos aficionados. Segundo Discépolo, “o tango é um pensamento triste que se pode dançar”.

Zouk (Caribe)

O ritmo zouk teve origem nas ilhas caribenhas de colonização francesa, criado pelo grupo Kassav, que misturou ritmos e estilos musicais como o Calipso e a Makossa. O nome zouk vem do dialeto Crioulo do Haiti (mistura do francês com línguas africanas) tem como tradução “festa”.

Sobre Roger de Souza

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.