4 benefícios do sapateado e como ajuda ele pode ajudar seu corpo


A dança é uma atividade extremamente benéfica para o organismo e possibilita que você crie uma conexão com os ritmos, ao mesmo tempo em que desenvolve as funções motoras. Entre as modalidades mais interessantes está o sapateado que, além de trabalhar todo o corpo, ainda ajuda no aumento da autoestima e autoconfiança.

Muitas pessoas praticam esse estilo durante a infância e acabam abandonando com o passar dos anos. Contudo, os benefícios do sapateado são muitos e devem ser desfrutados por pessoas de todas as idades. Quer saber mais sobre o assunto? Nós vamos mostrar para você por que essa modalidade é um ótimo exercício e você deve começar agora mesmo.

Como funciona o sapateado

O sapateado é um estilo no qual os dançarinos utilizam sapatos especiais para combinar passos e sons únicos, estimulando a criatividade e o ritmo. Os sapatos contam com uma chapa de metal afixada na parte frontal e nos calcanhares que, ao contato com o solo, produz os sons. A dança tem um forte peso teatral e artístico e pode ser dividida em dois estilos:

irlandês: o foco são os movimentos ágeis das pernas enquanto o tronco fica imóvel;
americano: além dos movimentos dos pés e pernas, o corpo acompanha a dança.
A atividade é divertida, criativa e chega a gastar, em média, 400 calorias por aula. Para começar, você deve fazer uma avaliação ortopédica e adquirir um sapato especial, que pode ser modelo boneca, com cadarço e até tênis. Converse com seu professor e verifique qual o mais recomendado.

Benefícios do sapateado

O estilo proporciona muitos benefícios e a evolução do aluno costuma ser rápida. Além das vantagens em relação ao condicionamento físico, a dança também estimula a criatividade e concentração e ajuda no aumento na autoconfiança. A seguir, listamos alguns dos principais benefícios da prática.

1. Coordenação motora

A base do sapateado é o ritmo, portanto, a atividade é excelente para trabalhar a coordenação motora. É preciso que o aluno se concentre e foque nos movimentos ágeis dos pés e pernas. Além disso, os movimentos determinarão os sons e, para isso, é preciso criar uma conexão entre dança e música.

2. Emagrecimento

A modalidade também ajuda na queima de calorias e é indicada para quem não gosta de fazer academia. Uma hora de aula gasta em média 400 calorias e os movimentos ajudam na definição e fortalecimento da musculatura. Abdômen, pernas e bumbum são os músculos mais trabalhados e ficam mais firmes e torneados.

3. Postura

Além de melhorar o condicionamento físico, o sapateado também trabalha a postura e flexibilidade por meio do equilíbrio necessário para bater as pontas, calcanhares e sola dos pés no chão.

4. Ouvido musical

O grande desafio da prática é conseguir manter os passos sem sair do tom. É como se os dançarinos tocassem um instrumento de percussão enquanto dançam. Por isso, a modalidade estimula a sensibilidade para a música e ajuda no desenvolvimento do ouvido musical.

São muitos os benefícios do sapateado e a prática da modalidade é muito divertida e desafiadora. Se animou para começar as aulas? Tenha em mente que a compra do sapato é o primeiro passo para essa jornada e deve ser feita de forma cuidadosa. Procure uma loja especializada e peça ajuda de seu professor.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe este post em suas redes sociais e faça com que mais pessoas conheçam esse estilo.

Sobre Roger de Souza

É dançarino, coreógrafo e blogueiro. Autoditada e estudioso dessa arte, pretende dividir seu conhecimento, pesquisas e informações com todos os amantes do Mundo da Dança. Saiba mais sobre o Autor.